E pensei no vosso olhar

E pensei no teu olharNunca é tão fácil perder-se como quando se julga conhecer o caminho.
Provérbio chinês

Porque hoje é sábado, parei a pensar o que hoje pensei.
E pensei no vosso olhar.

No teu, amigo jovem.
Que me olhas como aquele,
por acaso ou talvez não,
se cruzou comigo.
E juntos erguemos
um negócio de sucesso.
Acredita meu irmão. Tu e eu
somos isso e muito mais.

No teu, caro colega da velhinha FEP.
Quantas sabatinas debatidas,
copianços partilhados nos exames
das águas furtadas da Praça dos Leões.
Acredita meu irmão. Tu e eu
somos isso e muito mais.

No teu, companheiro consultor.
Parceiro de sucessos, falhanços,
partilhas abundantes e desilusões.
Onde o desafio acontecia sem contar.
Acredita meu irmão. Tu e eu
somos isso e muito mais.

No teu, parceiro da bola sedutora,
das quintas ou domingos.
Do teu passe certeiro,
causa do golo de mestre que marquei.
Acredita meu irmão. Tu e eu
somos isso e muito mais.

No teu, que lês o que escrevinho
a cada sábado. E te perguntas:
Este quem é? De onde veio? Para onde vai?
Gostava conhecê-lo.
Acredita meu irmão. Tu e eu
somos isso e muito mais.

Mas então, qual deles sou?
O amigo do jovem
que montou o negócio de sucesso?
O colega da velhinha FEP,
das sabatinas e cópias partilhadas?
O consultor, companheiro
de sucessos e desilusões?
O jogador da bola sedutora
das quintas e domingos?
O que escrevinha cada sábado
e aguarda conhecer-te tal qual és?

Olha que não.

Que tu só conheces
parcelas de mim
e eu só parcelas de ti.
E cada um de nós
é só uma fatia
do bolo da verdade inteira que somos.
O segredo é partilhar.

Mas além nós, porque creio,
este é o caminho do conhecimento de DEUS.

 

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>