Este sábado fiz silêncio

Porque hoje é sábado
parei a pensar o que hoje pensei.
E fiz silêncio.

Alguns poucos
saberão o que calo
e porque calo.

Com eles
estou presente
na partilha da ausência
e na certeza da única Verdade
capaz de responder
ao mistério do sofrimento.

Tantos outros
perguntarão porquê.

Juntos os meus porquês
aos teus porquês.

Despido de tudo
quanto em mim
ainda é profano,
sem saber o que sou,
de onde vim
nem onde vou,
num repente
deu-me uma vontade louca
de bradar a toda a gente

QUE AMAR É URGENTE.

 

This entry was posted in Parar para pensar porque hoje é sábado. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *