Monthly Archives: April 2011

Dia da Mãe. É a Festa que começa.

Porque hoje é Sábado parei a lembrar o que hoje pensei. E pensei Festa. Não vemos as coisas como são: vemos as coisas como somos. – – Anais Nin Dia da Mãe de 2011. Sem mais. Cinquenta anos. Quem diria … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Comments Off on Dia da Mãe. É a Festa que começa.

Achei o tesouro

  …Abri a arca no meio da serra e sorri. Que o tesouro escondido na arca de marfim não era nem prata nem ouro mas o sorriso maroto do Nuno sorrindo para mim.  Excerto de Achei o tesouro em Arca da … Continue reading

Posted in Eu estou por aí | Comments Off on Achei o tesouro

Vontade de mudança

Porque hoje é Sábado parei a lembrar o que hoje pensei. E pensei triste. Faleceu ontem o Padre Carlos da Casa do Gaiato. Sacerdote inteiro. Pilar da Obra da Rua. Esteio de muitos. Amizade entranhada de tantos anos, cheia de … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Comments Off on Vontade de mudança

Gente poeta

Aos amigos que ficaram preocupados com o meu estado de espírito após a leitura do poema ” porque agora sou lixo”, quero dizer-lhes que em nada mudei.  Continuo o  mesmo optimista e sonhador.  Tratou-se apenas duma rábula ao lixo para onde nos … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Comments Off on Gente poeta

Gente sem rosto

Eu estou por aí naquilo que penso naquela que eu amo naquele que perdoo naquilo que peno em tudo que escrevo. Ao terceiro dia descobri que a solução era a multidão. Desci ao povoado. Era dia de festa. Juntei-me, mais … Continue reading

Posted in Eu estou por aí | Comments Off on Gente sem rosto

Porque agora sou lixo

Porque hoje é Sábado parei a lembrar o que hoje pensei. Estou lixado porque agora sou lixo. Deixei o passado onde está e pulei ao futuro porque agora sou lixo. Parei de pensar o que sou, quando volto ou se vou porque agora sou … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Comments Off on Porque agora sou lixo

Quase toquei o céu…

Eu estou por aí naquilo que penso                                                                                                                          naquela que eu amo naquele que perdoo naquilo que peno em tudo que escrevo. Subi o monte. Quase toquei o céu. Estava louco por estar só. Julguei que a solução era a solidão…                                                                                                                        Excerto … Continue reading

Posted in Eu estou por aí | Comments Off on Quase toquei o céu…

Canção de embalar

Porque hoje é Sábado parei a lembrar o que hoje pensei. Parei no passeio da minha rua e fiquei triste. Que não com a chegada do FMI. Que não com a queda do governo. Que não com a  dívida soberana. … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Comments Off on Canção de embalar