Sou vendedor de sonhos

Sem mais.
Tal qual sou. Um punhado de ilusões.
Uma mão cheia de fantasia.
Um balouçar
entre o tédio e a alegria,
entre o dever e a utopia,
entre a farsa e a euforia.
Com muito trambolhão
à mistura
e também
alguma sabedoria.
Excerto de Auto-Retrato em PONTO FINAL

 

11-11-2020 – O bater do coração

01-11-2020 – Coisas da Vida

24-10-2020  – Uma mão cheia de sete gerações 

17-10-2020 – Era uma vez um PIIII

03-10-2020 – Até à eternidade

09-05-2020 – Parti, no caminho do saber

28-03-2020 – E agora?

Livros publicados

capa para blog

Porque Hoje é Sábado


Formato



pontas soltas_capa


Comprar Pontas Soltas



 

2012 Editora Delicatta – São Paulo – Brasil


Comprar De Olhos Bem Abertos

CAPAS


Comprar Arca da Aliança

Capa do livro Ponto Final

2003 Edição do autor – Vila Real – Portugal

Comprar Ponto Final



Parei para pensar, porque hoje é sábado.
Parei a lembrar o que hoje pensei.
Porque hoje é sábado.
E em cada sábado que chegar irei parar a lembrar o que nele pensar.
Porque será sábado.

31-12-2019 – Tudo isto é Vida. Viva 2020

21-12-2019 – Felicidades

07-09-2019 – E vivi os instantes do presente

27-07-2019 – E ouvi o bater na vidraça

20-04-2019 – Aleluia libertadora

17-03-2019 – E abracei-te. Até à eternidade

09-02-2019 – E pensei no vosso olhar

29-12-2018 – E pensei, qual flor, no ano que começa

24-12-2018 – E afaguei-te

08-12-2018 – E vi as marcas delas caídas no chão

20-10-2018 – E vi a árvore da Vida

06-10-2018 – Até Já

22-09-2018 – Porque é que estou aqui?

08-09-2018 – E pensei no que sou

25-08-2018 – E espreitei a frincha da verdade

18-08-2018 – E vi renascer as estrelas

07-07-2018 – E Sacie-me

16-06-2018 – E libertei-me

15-05-2018 – Sonho Meu

06-05-2018 – E beijei tuas mãos

24-03-2018 – E repousei

03-03-2018 – E o sonho vai acontecer

10-02-2018 – E festejei, na maior.

03-02-2018 – Partilha. T1 : E2

27-01-2018 – Sonho meu. T1: E1

31-12-2017 – E pensei no novo ano que começa.

16-12-2017 – Pensei no Natal da minha aldeia

25-11-2017 – O desassossego do fazer

11-11-2017 – E regressei às origens

29-10-2017 – E ao olhares-me, renasci

15-10-2017 – No acaso do tempo

09-09-2017 – Aconteceu

24-06-2017 – A Vida das Coisas

17-06-2017 – As Coisas da Vida

03-06-2017 – A vida das Coisas

06-05-2017 – Minha Mãe. E todavia estavas lá.

29-04-2017 – E pensei num cesto repleto de promessas

2017-03-25 – E parti. De saco ao ombro

2017-03-21 – Porque hoje é o dia mundial da poesia

2017-03-11 – E voei sobre um ninho de cucos

2017-02-11 – E mostrei-me

2016-12-31 – E colhi uma rosa. Só para ti.

2016-12-16 – E vi a pantera dormir com o cabrito

2016-11-12 – E vai daí

2016-11-05 – E sonhei na esperança

2016-09-03 – E pensei no murro que demos

2016-07-23 – E perguntei. Está alguém por aí?

2016-07-09 – E olhei o passeio asseado da minha rua

2016-06-25 – E vi o brilho da Estrela do Norte.

2016-06-06 – E fui feliz sem motivo

2016-05-14 – E fui brincar

2016-05-01 – Mãe. Hoje pensei em ti.

2016-03-21 – A tua face no livro digital

2016-03-13 – Não matem a cotovia

2015-12-26 – E pensei no que vou ser quando for grande

2015-11-14 – E impus-me uma paragem

2015-10-24 – E vi quanto isto é belo!

2015-09-05 -E deitei-me sereno olhando o Mundo

2015-08-15 – E vim da Festa

2015-05-30 – E renasci

2015-05-02 – E pensei em ti. Minha Mãe.

2015-04-25 – Aqui e agora

2015-03-21 – Porque hoje é dia mundial da poesia

2015-01-07 – E daqui te lanço o desafio

2014-12-24 – E pensei em Ti.

2014.11.30 – E colhi uma flor

2014.11.16 – E renovei a esperança

2014.11.02-E fez-se luz

2014-10-25 – E vi o céu arder
2014-10-04 – E subi à tona contigo

2014-09-27 – E senti o Teu olhar

2014-09-20 – E pensei nas folhas que ao virar até rangiam

2014-09-13 – E desta foi de vez

2014-05-31 – E pensei quem vou beijar

2014-05-17 – E fui sábio

2014-05-03 – E fiquei em Paz

2014-04-05 – Escrevo, logo existo

2014-02-22 – Promessa adiada

2014-02-01 – E sonhei. Acordado

2013-12-21 – E pensei em Ti

2013-09-28 – É dia de reflexão. E refleti.

2013-09-07 – E invoquei a Paz

2013-08-03 – E fiquei em paz.

2013-07-20 – E vi como tudo é bom

2013-05-25 – E saltei o muro

2013-05-04 – Bem hajas. Minha Mãe. Meu amor

2013-04-13 – E pensei na Cláudia

2013-03-30 – E vi-Te renascer

2013-03-02-Vamos à festa

2012-12-22-E apostei tudo o que tinha

2012-12-15 – Porque tu és único

2012-12-08 – E renasci

2012-10-13 – E pensei no que resta

2012-08-13 – Sábado que passou não parei. Mas pensei.

2012-07-28 – E revi-te

2012-07-14 – E pensei longe
2012-06-30 – E voltei a proibir-me proibir

2012-06-02 – E proibi-me proibir

2012-05-19 – E pensei nesses estranhos idiotas

2012-05-12 – E pensei na casa onde nasci

2012-03-24 – E pensei em quem se gosta

2012-03-10 – E pensei partilha

2012-02-25 – E pensei quanto sou

2012-02-04 – E gozei o que possuo

2012-01-21 – E não parei de sonhar

2012-01-14 – Parei a pensar. E não sei se pensei.

2011-12-31 – E pensei no teu nome

2011-12-24 – Porque hoje é Natal
2011-12-17 – E pensei números

2011-12-10 – E pensei ontem
 2011-12-03 – E calei os silêncios

2011-11-26 – E vão trinta

2011-11-19 – Para quê um poeta no meio da guerra?

2011-11-12 – Sem surpresa

2011-10-29 – Fingi que pensei

2011-10-22 – Gente que passa

2011-10-15 – E escalei o alto pico nevado

2011-10-08 – Pensar Vida

2011-09-24 – Modo novo de ler o mundo

2011-09-17 – Três sábados, calei o que pensei

2011-08-20 – Sonhar criança

2011-08-13 – Tudo o que dorme é criança

2011-08-06 – Pensei que sei

2011-07-30 – Tolerância máxima

2011-07-23 – Carta aos descrentes.

2011-07-16 – Sem mais. Tal qual sou.

2011-07-09 – Tudo o resto são trocos

2011-07-02 – Ao olhar-me, encontrei-te

2011-06-25 – Este sábado fiz silêncio

2011-06-18 – Pensar longe

2011-06-11 – Possuir a Terra

2011-06-04 – De olhos bem abertos

2011-05-28 – Pensar pleno

2011-05-21 – Pedra sobre pedra

2011-05-14 – Tempo restante

2011-05-07 – Em busca do infinito

2011-04-30 – Dia da Mãe. É a Festa que começa.

2011-04-23 – Da camisa fiz um trapo…

2011-04-16 – Poeta é gente,
com gente que passa

2011-04-09 – Porque agora sou lixo

2011-04-02 – Parei no passeio da minha rua
e fiquei triste.

Eu estou por aí Eu estou por aí
a dar-me a conhecer naquilo que escrevo.
Aos poucos verás sem mais.
Tal qual sou.

2013-02-13 – O Elefante Poeta

2013-01-22 –  A semente foi lançada.  O Ponto de Encontro ultrapassou a fronteira da poesia.

2013-01-18 –  Anda daí. Vem comigo pôr de pé este novo Ponto de Encontro.

2012-11-07 – Lançamento do Livro DE OLHOS BEM ABERTOS

2011-07-07 – 100 anos. Hoje sonhei com a minha Mãe.

2011-04-27 – Achei o tesouro

2011-04-13 – Ao terceiro dia descobri que a solução era a multidão.

2011-04-06 – Subi o monte. Quase toquei o céu.

2011-03-30 – Poeta é bola de trapo, ganapo a brincar no jardim…

2011-03-23 – Uso papel e caneta. E com a tinta azul do meu tinteiro poderia pintar o mundo inteiro…

2011-03-16 – Vou de viagem. Quem quer sonhar comigo que deixe o seu abrigo e tome a carruagem.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *