Category Archives: Parar para pensar porque hoje é sábado

Até já…

Embora sábado, hoje eu parei de pensar. E de fotografar. ____ Cada vez que um filho nasceu, cada vez que quem amo morreu, sobretudo aqueles de que nem consigo falar, libertei-me do tempo e do espaço. E de cada vez … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Leave a comment

E pensei no que sou

Porque hoje é sábado parei a pensar o que hoje pensei. E pensei no que sou. No acaso do tempo de cada um, há gente determinante. Se esse acaso do tempo não acontecesse seríamos certamente iguais a nós mesmos. Mas … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Leave a comment

E espreitei a frincha da verdade

Porque hoje é sábado parei a pensar o que hoje pensei. E espreitei a frincha da verdade. Só nos nascimentos e nas mortes saímos do tempo. A terra detém a sua rotação, e as trivialidades em que desperdiçamos  horas caem ao … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Leave a comment

Parei a pensar o que hoje pensaste. E partilhaste.

Porque hoje é sábado parei a pensar o que hoje pensaste. E comigo o partilhaste.   T1 : E2 Sonho teu Eu sei, amigo que compões. Tu tens um sonho. Lançares essa flecha musicada ao meu canhenho de letras inseguras, … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Leave a comment

Sonho meu. T1 E1

Porque hoje é sábado parei a pensar o que hoje pensei. E tive um sonho     T1 E1 Sonho meu Eu tenho um sonho, amigo que compões. Servir de alvo à tua flecha musicada que acerta em cheio o … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Leave a comment

E pensei no Natal da minha aldeia

Porque hoje é sábado parei a pensar o que hoje pensei. E pensei no Natal da minha aldeia.   Eu sei que sim! Ó como sei que vale a pena afogar a tempestade e a bonança nesse Jesus que acaba … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Leave a comment

O desassossego do fazer

Porque hoje é sábado, parei a pensar o que hoje pensei. E pensei no desassossego do fazer. É proibido chorar sem aprender, Levantar-se um dia sem saber o que fazer, Ter medo de suas lembranças. Mário Quintana   Poema do … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Leave a comment

E regressei às origens.

Porque hoje é sábado, parei a pensar o que hoje pensei. E regressei às origens. Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha. Confúcio   Amar. No princípio era o verbo. Um verbo gerado numa praia … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Leave a comment

E ao olhares-me, renasci

Porque hoje é sábado, parei a pensar o que hoje pensei. E ao olhares-me, renasci.     José viu os filhos de Efraim até à terceira geração, bem como os filhos de Maquir filho de Manassés. Ao nascerem, adotou-os, recebendo-os … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Leave a comment

E pensei no acaso do tempo

Porque hoje é sábado, parei a pensar o que hoje pensei. E pensei no acaso do tempo. Cem homens podem formar um acampamento, mas é preciso uma mulher para se fazer um lar. Provérbio chinês. No acaso do tempo Por … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | 1 Comment