Monthly Archives: November 2017

O desassossego do fazer

Porque hoje é sábado, parei a pensar o que hoje pensei. E pensei no desassossego do fazer. É proibido chorar sem aprender, Levantar-se um dia sem saber o que fazer, Ter medo de suas lembranças. Mário Quintana   Poema do … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Leave a comment

E regressei às origens.

Porque hoje é sábado, parei a pensar o que hoje pensei. E regressei às origens. Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha. Confúcio   Amar. No princípio era o verbo. Um verbo gerado numa praia … Continue reading

Posted in Parar para pensar porque hoje é sábado | Leave a comment