E ao olhares-me, renasci

Porque hoje é sábado,
parei a pensar o que hoje pensei.
E ao olhares-me, renasci.

 

Coisasda Vida

 

José viu os filhos de Efraim até à terceira geração, bem como os filhos de Maquir filho de Manassés. Ao nascerem, adotou-os, recebendo-os sobre os joelhos.
Gênesis, 50, 23

 

Foi sexta passada, sobre o tarde.
E vão 13.
Adormeci, saciado,
adotei-a
recebendo-a sobre os joelhos.

E já de madrugada,
escutei deleitado
esta neta
acabada de nascer
olhando-me nos olhos
sem me ver,
segredar-me
numa linguagem
muito nossa
que só ela e eu
pode entender:
Avô
também a ti
eu vejo-te nascer.

E foi nessa linguagem
muito nossa
que finalmente
eu entendi.

Aos olhos
desta neta,
e dos filhos,
e dos netos e bisnetos
até à quarta e quinta geração,
cada pai,
cada avô ou bisavô
tem a sua idade,
já que o conheceu
na hora em que nasceu.

 

 

 

 

 

 

 

This entry was posted in Parar para pensar porque hoje é sábado. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>