Só…

Eu estou por aí
naquilo que penso                                                                                                                         
naquela que eu amo
naquele que perdoo
naquilo que peno
em tudo que escrevo.

… Sou saco perdido
no meio da estrada,
não sei se vazio
se cheio do nada…

Não sei  se sou gente,
não sei se sou crente,
não sei donde venho
nem para onde vou.
Mas sei o que sou.
Um pouco de ti.
um pouco de mim.
um pouco do outro
que por mim passou.

Excerto de  Era uma vez um saco em Arca da Aliança

 

… Poeta é bola de trapo,
ganapo a brincar no jardim.
Poeta é vintém é farrapo
que tapo e destapo
com pena de mim…

Excerto de  Ser Poeta em Ponto Final

This entry was posted in Eu estou por aí. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>